Páginas

Resenha: Diário de uma Encrenqueira #1 - Tênis ou Tiaras

 Oi, gente, tudo bom? Pra começar, queria pedir desculpas pela demora pra postar coisas novas e dizer que eu tenho coisas pra postar, só não posto porque eu sempre espero meu último post ter alguns comentários, então por favor, vocês que estão lendo comentem. Pode ser simplesmente um "gostei" porque eu sei que é difícil pensar num comentário inteligente pra se fazer. E eu sempre visito os blogs que comentam aqui e comento neles também.
 Queria entender essas capas que não condizem com a realidade (não é o caso só desse livro).
 Bom, eu nem devia estar lendo, mas como eu não tô estudando mesmo e eu tava sem poder entrar no computador e tava morrendo de vontade de ler um livro ontem à noite eu comecei a ler esse livro. E terminei hoje à noite, ou seja fluiu muito. Tudo bem que o livro é curtinho, mas ainda assim. Essa coleção em inglês se chama Diary of a CHAV, CHAV é tipo um estereótipo britânico de pessoas "encrenqueiras", mas que usam roupas de marca tipo Adidas e bonés/capuz, comem no MC Donald's, lembra alguma coisa? Sim, poderia ser tipo as "maloqueiras" do Brasil. E mais recentemente, com as pessoas do funk ostentação (?). Mas não julguem a Shiraz, ela é bem legal. A verdade é que ela e a melhor amiga, Carrie, sofrem o maior preconceito por andar de casaco com capuz (quando eu li achei WTF) como se elas fossem delinquentes. Pra ajudar, ainda tem o fato delas estudarem na Academia Mayflower, que está sempre nos jornais como "Academia de Encrenqueiros Mayflower". Não que elas sejam santas também, a Shiraz foi responsável por uma confusão, mas não chega no nível dessas CHAV, mas esse tipo aparece no livro. Por isso eu nem acho que ela seja uma, aliás, ela só se encaixa na roupa, e acho mó chato julgar as pessoas por isso. Me assumindo agora: Eu sempre achei boné de aba reta legal e já quase comprei, só não o  fiz porque julgam muito quem usa.
A capa original do livro que dá pra gente ter uma ideia de como é uma CHAV (adoro o resto das roupas dela tb, me julguem)
 O livro é superdivertido, eu "marquei" várias passagens (eu não marco nada e não gosto nem de post-its, eu copiei num caderno mesmo). A graça dele é essa mesmo, já que o livro é mesmo narrado como diário, então não chega a ter um clímax. Então, não acontece uma coisa bombástica que te deixa curioso pra ler, o máximo que pode te deixar assim são algumas coisas na sinopse que demoram bastante pra acontecer (aí vai de você ler a sinopse ou não). Eu achei que esse livro pode ser tipo o Querido Diário Otário adolescente q acho que quem gostou, pode gostar desse também. Encontrei uns errinhos de edição, do tipo o nome da personagem "Uma" com letra minúscula, e às vezes dizia que ela tava no 1º ano do Ensino Médio, outras no 8º e aí quando ela mudou de série, ela disse que agora tava no 9º então não entendi bem como são as séries por lá.
 Shiraz Bailey Wood mora no condado de Essex próximo a Londres, em um distrito chamado Goodmayes. Ela quase sempre fala o que pensa, por isso acha que se daria bem na TV e tem vontade de entrar no Big Brother, e não quer entrar numa faculdade. Os amigos dela também não querem, não é à toa que a escola deles teve a nota mais baixa nos exames. Mas isso não é só por eles serem vagabundos e preguiçosos, a própria mãe dela acha que faculdade é pra preguiçosos que preferem gastar dinheiro estudando em vez de trabalhar duro. A irmã dela, a Cava-Sue (eu sei o nome dela, e dos outros é muito estranho) não ajuda a melhorar essa imagem já que é uma tremenda hipster que diz que "prefere escutar bandas que ninguém conhece porque isso é original" e finge não conhecer as músicas comerciais. 
"É muito estranho porque, quanto mais coisas inteligentes Cava-Sue aprende na faculdade, mais superficiais ficam as coisas que ela fala." define bem os hipsters e os modinhas das universidades
 A mãe da Shi é machista demais, do tipo que diz que shopping não é coisa de homem e homem não é bom nas tarefas de casa e a Cava-Sue é feminista, outro ponto de discordância entre as duas. Ela acha muito mais inteligente uma mulher casar por dinheiro e diz que ela mesma teria feito isso, não fosse pelo seu orientador vocacional (sim, pois é ._.). E o irmão delas é um chato típico, que nem precisa ser descrito porque todos já conhecem o tipo. E o pai não fala nada.
 Uma coisa que eu amei no livro são o tanto de referências dele. Adoro livros que citam músicas e tal. Shi adora hip hop (como é fácil de prever) e R&B e odeia Westlife :(. Ela é tão foda que pôs In Da Club do 50 Cent como toque do celular da mãe dela kk eu espero que tenha sido só o refrão (pq infelizmente não dá pra pôr a música inteira e escolher tocar logo no refrão ¬¬) porque imagina todo mundo ouvindo aquilo kk e esse toque já chama atenção de qualquer jeito. Também citam os 500 programas da Inglaterra que eu não conheço nenhum, mas tá valendo, e redes sociais, principalmente o Orkut, sdds <3. Sim, eu sei, elas combinam mais com Orkut que Facebook, só ver o perfil delas kk é bem tipo aquelas frases que usam pra zoar a Rihanna de "Riennes". A Carrie diz pra Shi no perfil dela "Academia de Enquenqueiras 4 ever" kkkk E esse é o único motivo que eu imagino pra elas usarem Orkut (se elas usarem, porque podem ter mudado o nome da rede social na edição brasileira) porque que eu saiba o Orkut só fez sucesso mesmo no Brasil e na Índia.
 Enfim, superrecomendo pra quem quer uma leitura leve e divertida. A coleção tem mais 4 livros lançados, mas aqui no Brasil só tem mais 2, outra coleção que vai me fazer sofrer :(
A mamãe diz que Clinton é filho de um carinha chamado Swanny, que costumava vender cigarros no Ilford Clube Social. -Eu só estou dizendo isso - explicou mamãe - porque a mãe dele, Rose, tinha sempre vários pacotes de cigarro, se é que você me entende.        Eu fingi que NÃO entendi. Quando minha mãe fala sobre sexo, tenho vontade de vomitar. 
                   
E eu não entendi de verdade oq tem a ver com sexo. Alguém me explica?
P.S.: Enquanto eu tava escrevendo a resenha, eu tava ouvindo música no aleatório e começou a tocar Niggas in Paris em homenagem à Shi<3 Depois eu ouvi Dangerous do Akon, de propósito, que também lembra, minha amiga falava que era minha música kk (não tem NADA a ver, ok?)
P.S. 2: Relendo meu post eu percebi que o meu "mó" combinou com eu gostar de aba reta e o resto das coisas :p é meio ridículo eu falar mó onde eu moro, aliás eu nem fala, só digito mesmo -q quero dizer, só falo na Internet mesmo. É porque eu sempre exagero nos "super" nos meus posts kk

Nota:

6 comentários:

  1. Olá,
    parabéns pela resenha, muito boa, mas esses livros não fazem meu gênero, mas gostei de conhecê - los. :D Estou seguindo seu blog, retribui?
    Abraços!

    http://amandatrindadepalavrasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já vi que eu tb iria adorar esse livro. Adoro histórias divertidas, que são garantir na certa. Não conhecia esse livro, mas a dica está mais que anotada

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi!

    Desculpa não estar aparecendo aqui há décadas, acontece que ando muito ocupado. Não tenho tempo pra nada, nem pro meu Blog, hahahhaha.

    Agora estou em época de provas. Passo o dia todo estudando. Talvez na metade da próxima semana as coisas fiquem mais leves, que é quando as provas terminam, tem feriado, etc, etc.

    Deixa eu te fazer uma pergunta: Você conhece, assistiu ou ainda vai assistir "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho"? Ou pelo menos já assistiu o curta "Eu Não Quero Voltar Sozinho"? Eu escrevi váááááááárias postagens sobre ele no BOCA, mas raramente alguém comentou sobre ele.

    Caso não tenha, assista o curta, e depois vá ao cinema assistir o longa. Eu juro, é o melhor filme nacional de todos!!! E por algum motivo que não sei qual, achei que você gostaria.


    Um beijo, e até mais!


    http://www.comabocanomundo.com/

    ResponderExcluir
  4. Gosto de ler esses livros mais leves e divertidos. Agora esse livro faz parte de série? Quantos?
    Não quero mais séries na minha vida enquanto não terminar as que eu já comecei, hehe.
    Adorei a resenha!
    Beijos,K.
    Girl Spoiled
    http://girlspoiled.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Posso morrer de amor pelo seu blog e pelas suas resenhas?? haha agora eu tenho mais um livro pra ler kkkkk amei sua resenha, o livro parece ser daqueles assim <3

    Beijocas
    http://des-construindooverbo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.